Comércio eletrônico fatura R$ 770 milhões na Black Friday

SÃO PAULO – A edição 2013 da Black Friday brasileira, realizada na sexta-feira 29 de novembro, superou as expectativas do segmento de comércio eletrônico. Segundo a E-bit, empresa especializada em informações do e-commerce, o evento movimentou R$ 770 milhões, quebrando os recordes de faturamento em um único dia, e foi responsável por um crescimento nominal de 217%, na comparação com o ano passado.

Na última sexta-feira, 1,950 milhão de pedidos foram feitos via internet no Brasil, o que representa cinco vezes mais, se comparado a um dia normal.

Na última sexta-feira, 1,950 milhão de pedidos foram feitos via internet no Brasil, o que representa cinco vezes mais, se comparado a um dia normal.

De acordo com o diretor-geral da E-bit, Pedro Guasti, os resultados dessa edição aproximam o e-commerce nacional das estatísticas norte americanas. “A Adobe Systems indica que, nos Estados Unidos, as vendas relacionadas à Black Friday movimentaram US$ 1,06 bilhões. O faturamento brasileiro, convertido em dólar, fica em torno dos US$ 330 milhões, o que representa cerca de 30% da receita americana”, explica. A previsão inicial, feita no começo de novembro, era de que as vendas durante todo o dia gerassem R$ 390 milhões para o e-commerce, mas, às 17h de sexta-feira, esse número já tinha sido alcançado.

Na última sexta-feira, 1,950 milhão de pedidos foram feitos via internet no Brasil, o que representa cinco vezes mais, se comparado a um dia normal. O tíquete médio das compras na Black Friday ficou em R$ 396. De acordo com a E-bit, os itens da categoria Telefonia/Celulares foram os mais vendidos, seguidos por produtos dos segmentos de Eletrodomésticos, Moda & Acessórios, Informática e Eletrônicos, respectivamente.

Segundo Guasti, os resultados da Black Friday devem impactar no Natal. “O período de compras natalino vai de 15 de novembro até 24 de dezembro. Constatamos que o evento não somente impactou positivamente as vendas na sexta-feira, como também nos dias seguintes”, afirmou. O executivo destaca ainda que com o décimo terceiro em mãos e os descontos oferecidos, muitas pessoas aproveitaram para antecipar os presentes. “O Natal, principal data sazonal do e-commerce, representa entre 15% e 20% do total das vendas do ano. Em 2013, certamente terá um peso maior por causa da Black Friday”, conclui. (Com informações de Carla Araújo, da Agência Estado)

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s