Artistas e personalidades se despedem de Eduardo Coutinho

Eduardo Coutinho é considerado por muitos um dos melhores documentaristas do mundo

Eduardo Coutinho é considerado por muitos um dos melhores documentaristas do mundo

O cineasta Eduardo Coutinho foi enterrado no cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro, na tarde desta segunda (3). O documentarista foi velado no mesmo local desde às 10h da manhã e o corpo seguiu para a sepultura às 16h20, sob palmas que acompanharam todo o trajeto.

Como última homenagem, o ator Antônio Pitanga puxou uma espécie de “grito de guerra”: “Companheiro Eduardo Coutinho!”, e as outras pessoas que acompanhavam o velório respondiam “Presente!”.

No momento do enterro, os presentes ainda saudaram o cineasta com uma salva de palmas que durou cerca de 10 minutos e pétalas de rosa brancas e vermelhas foram jogadas sobre o caixão. O filho do cineasta, Pedro Coutinho, recebeu as condolências dos amigos e admiradores do pai, mas não quis falar com a imprensa.

Cinco documentários de Eduardo Coutinho

CABRA MARCADO PARA MORRER

O filme mais famoso de Eduardo Coutinho, sobre a vida e o assassinato de um líder camponês, começou a ser rodado em 1964, mas foi interrompido pelo Golpe Militar. O diretor só conseguiu retomar o projeto dezessete anos depois, procurando e mostrando o que aconteceu com cada um dos personagens que havia entrevistado, inclusive a viúva do camponês. O resultado foi uma das maiores obras-primas do cinema brasileiro e um dos documentários mais importantes da história.

JOGO DE CENA

Aqui, Coutinho estabeleceu um paralelo impressionante entre as mulheres de verdade e as atrizes de verdade. Quando Andréa Beltrão não segura as lágrimas ao “interpretar” uma mulher que não chora, é impossível se conter. Mas, além da comparação, há a investigação. As atrizes são entrevistadas em seguida sobre o processo de “tradução” das personagens. E quando você acha que não poderia haver mais, um golpe final: uma história triste se transforma em interpretação e uma personagem real surge para provar que as aparências enganam mesmo.

EDIFÍCIO MASTER

“Primeiro, eu tento Piaget. Se não dá certo, eu parto para Pinochet.” A frase é de uma das cenas mais marcantes de “Edifício Master”, mosaico dos habitantes de Copacabana que Coutinho dirigiu em 2002 e um de seus melhores filmes. Ele invade os apartamento de 27 moradores do prédio que batiza o filme, do síndico que fala a frase do início do texto a uma garota de programa e um jogador de futebol aposentado. O conjunto desarmônico ajuda a construir uma imagem da sociedade carioca.

O HOMEM QUE COMPROU O MUNDO

O primeiro longa-metragem de Eduardo Coutinho não foi um documentário. Essa comédia política se passa num país fictício chamado Reserva 17 e acompanha as desventuras de um jovem que tenta descontar o cheque de 100 mil strikmas recebido de um homem misterioso. Coutinho usa a história nonsense para fazer comentários sobre burocracia e corrupção e ainda alfinetar a ditadura, quando o personagem principal termina preso. Flávio Migliaccio, Marília Pêra e Hugo Carvana estão no elenco.

PEÕES

Filme que junto com “Entreatos”, de João Moreira Salles, formam uma dupla de trabalhos focados na figura de Luiz Inácio Lula da Silva. “Peões” resgata a história da luta sindical dos metalúrgicos do ABC paulista, resgatando os personagens centrais do movimento que conviveram com o ex-presidente, mas não ganharam notoriedade. Coutinho captura belas entrevistas e monta o cenário da ascensão de Lula: a senhora do cafezinho, a dona que adora xingar, o ex-cantor das assembléias e o viúvo que mora sozinho tem grandes histórias mínimas para contar.

Veja abaixo a linha do tempo do documentarista:

cronologia_eduardocoutinho

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s