Cidades-sede da Copa apresentam seus atrativos em Berlim

Representantes de sete das 12 cidades-sede da Copa do Mundo realizaram uma série de apresentações na Feira Internacional de Turismo de Berlim

Representantes de sete das 12 cidades-sede da Copa do Mundo realizaram uma série de apresentações na Feira Internacional de Turismo de Berlim

Berlim – Representantes de sete das 12 cidades-sede da Copa do Mundo realizaram nesta sexta-feira uma série de apresentações na Feira Internacional de Turismo de Berlim (ITB) para mostrar seus atrativos naturais e culturais, além de destacar os progressos alcançados em mobilidade urbana.

Apesar da considerável distância entre as cidades-sede – Porto Alegre e Manaus, por exemplo – e da maioria dos deslocamentos exigir viagens de avião, como apontou um representante da embaixada brasileira em Berlim, o fato de a Copa estar repartida ao longo do território de um dos maiores países do mundo pode ser supor um atrativo diferenciado, como o contato com diferentes climas e paisagens.

O ato de hoje foi aberto por João Nickolas Cabral dos Anjos, da Agência de Turismo do Amazonas, cuja apresentação se concentrou nos atrativos da capital Manaus. “As pessoas sempre pensam na floresta, mas também temos uma grande cidade”, declarou Cabral que ressaltou a existência de shoppings, sistemas de mobilidade urbana e o imponente Teatro Amazonas, situado no centro da cidade.

Agora, além do teatro, até então seu principal atrativo, Manaus também conta com estádio da Copa – a Arena Amazônia – e um vizinho centro de convenções que servirá como centro de imprensa durante o Mundial.

Em um momento de descontração, Cabral também falou sobre os botos-cor-de-rosa que vivem no Rio Amazonas e que, segundo a lenda local, costumam deixar as águas nas noites de lua cheia para fazer amor com as mulheres mais belas da cidade.

Questionado sobre a possível presença de “hooligans” na cidade, tendo em vista que Manaus abrigará uma partida entre Itália e Inglaterra, o representante da Agência de Turismo do Amazonas foi categórico em sua resposta: “Isso é impossível que ocorra”.

“Falamos com a embaixada inglesa, e a polícia inglesa possui uma lista daqueles (torcedores) que causaram problemas no passado em relação a jogos de futebol. Estes serão proibidos de viajar”, completou Cabral.

Manaus, muito provavelmente, também será o lugar onde haverá mais calor durante a Copa, tendo em vista que o inverno no nordeste inexistente. Em Fortaleza, segundo o secretário de Turismo do Ceará, Pompeu de Sousa, a temperatura média durante todo o ano é de 26 graus, o mesmo que em Recife, enquanto em Natal a temperatura média chega aos 28 graus.

A oferta hoteleira, segundo os representantes presentes, é ampla em todas as cidades-sede, já que novos hotéis foram construídos e outros reformados ou ampliados. (Rodrigo Zuleta, da EFE)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s