Acesso VIP de globais irrita imprensa da Copa

Amigo pessoal do assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva, Huck e a equipe do Caldeirão ficaram quase meia hora em contato com a Seleção

Amigo pessoal do assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva, Huck e a equipe do Caldeirão ficaram quase meia hora em contato com a Seleção

Em todo grande evento esportivo a celeuma se repete. Surge uma pequena revolta da imprensa ‘comum’ contra a estrelada equipe da Globo. Vira uma briga dos Davis contra o poderoso Golias. As celebridades da emissora — atores, apresentadores e jornalistas de grife — possuem inegável acesso privilegiado em algumas situações. Como agora, na cobertura pré-Copa.

Exemplo dessa distinção por parte da FIFA e da CBF aconteceu na tarde de quinta-feira (29). Luciano Huck gravou uma matéria com um garoto cadeirante apaixonado por futebol no campo da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde a Seleção Brasileira está concentrada. Os dois filhos do apresentador, Joaquim e Benício, acompanharam a visita.

Amigo pessoal do assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva, Huck e a equipe do Caldeirão ficaram quase meia hora em contato com a Seleção. A alguns metros dali, dezenas de jornalistas, confinados no espaço reservado para a imprensa ‘geral’, tentavam chamar a atenção dos craques e membros da comissão técnica para conseguir uma declaração.

Na segunda-feira (26), um episódio já havia causado irritação em repórteres, fotógrafos e cinegrafistas de outras emissoras, que fazem plantão na Granja Comary. Felipão concedeu longa entrevista ao vivo para Fátima Bernardes, ‘Musa da Copa’, durante o Encontro. Os jornalistas dos demais canais tiveram de engolir a prioridade à Globo, para somente depois tentar acesso ao técnico.

Luciano Huck conseguiu outro material exclusivo: uma entrevista com Neymar, gravada na Espanha. A exibição deverá acontecer no sábado, dia 7. O apresentador tem todo o apoio de bastidores das Centrais Globo de Jornalismo e de Esporte por uma razão especial: ele cederá parte do tempo de seu programa para a exibição de jogos.

O período no qual o Caldeirão do Huck estiver no ar, antes do início da partidas, será uma espécie de esquenta. Apresentar material exclusivo com jogadores da Seleção ajudará a levantar o Ibope antes do início da transmissão esportiva. A mesma estratégia será usada no Domingão do Faustão, que vai anteceder a exibição de algumas partidas.

Esse casamento do entretenimento com o jornalismo será a tônica da cobertura da Globo. Em crise de audiência, a emissora vê na Copa a grande chance de interromper a queda vertiginosa no Ibope. Mesmo com o desânimo do telespectador-torcedor, a cúpula global acredita que o evento poderá render ao canal o maior índice de audiência do ano — numa provável final com a Seleção Brasileira, obviamente.

As informações São da Coluna Sala de TV, assinada por Jeff Benício

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s