Acesso VIP de globais irrita imprensa da Copa

Amigo pessoal do assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva, Huck e a equipe do Caldeirão ficaram quase meia hora em contato com a Seleção

Amigo pessoal do assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva, Huck e a equipe do Caldeirão ficaram quase meia hora em contato com a Seleção

Em todo grande evento esportivo a celeuma se repete. Surge uma pequena revolta da imprensa ‘comum’ contra a estrelada equipe da Globo. Vira uma briga dos Davis contra o poderoso Golias. As celebridades da emissora — atores, apresentadores e jornalistas de grife — possuem inegável acesso privilegiado em algumas situações. Como agora, na cobertura pré-Copa.

Exemplo dessa distinção por parte da FIFA e da CBF aconteceu na tarde de quinta-feira (29). Luciano Huck gravou uma matéria com um garoto cadeirante apaixonado por futebol no campo da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde a Seleção Brasileira está concentrada. Os dois filhos do apresentador, Joaquim e Benício, acompanharam a visita.

Amigo pessoal do assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva, Huck e a equipe do Caldeirão ficaram quase meia hora em contato com a Seleção. A alguns metros dali, dezenas de jornalistas, confinados no espaço reservado para a imprensa ‘geral’, tentavam chamar a atenção dos craques e membros da comissão técnica para conseguir uma declaração.

Na segunda-feira (26), um episódio já havia causado irritação em repórteres, fotógrafos e cinegrafistas de outras emissoras, que fazem plantão na Granja Comary. Felipão concedeu longa entrevista ao vivo para Fátima Bernardes, ‘Musa da Copa’, durante o Encontro. Os jornalistas dos demais canais tiveram de engolir a prioridade à Globo, para somente depois tentar acesso ao técnico.

Luciano Huck conseguiu outro material exclusivo: uma entrevista com Neymar, gravada na Espanha. A exibição deverá acontecer no sábado, dia 7. O apresentador tem todo o apoio de bastidores das Centrais Globo de Jornalismo e de Esporte por uma razão especial: ele cederá parte do tempo de seu programa para a exibição de jogos.

O período no qual o Caldeirão do Huck estiver no ar, antes do início da partidas, será uma espécie de esquenta. Apresentar material exclusivo com jogadores da Seleção ajudará a levantar o Ibope antes do início da transmissão esportiva. A mesma estratégia será usada no Domingão do Faustão, que vai anteceder a exibição de algumas partidas.

Esse casamento do entretenimento com o jornalismo será a tônica da cobertura da Globo. Em crise de audiência, a emissora vê na Copa a grande chance de interromper a queda vertiginosa no Ibope. Mesmo com o desânimo do telespectador-torcedor, a cúpula global acredita que o evento poderá render ao canal o maior índice de audiência do ano — numa provável final com a Seleção Brasileira, obviamente.

As informações São da Coluna Sala de TV, assinada por Jeff Benício

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s