Preso acusado de invadir e roubar casa

Foto: Reprodução/Facebook Foi fotografado por turista que passava alguns dias em uma casa de veraneio

Foto: Reprodução/Facebook
Foi fotografado por turista que passava alguns dias em uma casa de veraneio

O suspeito fotografado por turistas no momento em que pulava o muro de uma casa de veraneio em Guarujá, no dia 18 de janeiro deste ano, foi identificado e preso na madrugada desta segunda-feira (2). Policiais o encontraram escondido atrás de um balcão de um bar onde acontecia um baile funk, na favela Maré Mansa. A prisão foi resultado de uma operação no local.

O suspeito é Jonas dos Passos Araújo, de 23 anos, que era considerado foragido. Ele foi fotografado por uma turista que passava alguns dias em uma casa de veraneio, na Praia de Pernambuco. A ideia era enquadrar um outro turista pulando na piscina. Mas Jonas apareceu no exato momento do salto, quando pulava o muro com uma arma em punho. O flagrante foi compartilhado milhares de vezes nas redes sociais e reproduzido por portais de notícias da internet.

Jonas (foto) confessou à polícia ser o suspeito identificado na imagem. Ele foi levado para a Delegacia Sede da cidade e deve ser transferido nas próximas horas para o Centro de Detenção Provisória

Jonas (foto) confessou à polícia ser o suspeito identificado na imagem.

Os assaltantes levaram joias, roupas e celulares. O único aparelho telefônico não roubado foi o que registrou os flagrantes. Prisão – Segundo o delegado Wagner Camargo, que comandou a operação, alguns moradores da favela da Maré Mansa reclamaram do barulho causado por um baile funk que acontecia em um bar e chamaram a polícia. Quando perceberam a chegada da viatura, várias pessoas correram.

Os policiais fizeram a evacuação da festa e, em seguida, entraram no estabelecimento para checar se havia mais alguém. Um rapaz se escondeu atrás do balcão do bar e despertou a atenção da equipe, que entrou para averiguar. Jonas (foto) confessou à polícia ser o suspeito identificado na imagem. Ele foi levado para a Delegacia Sede da cidade e deve ser transferido nas próximas horas para o Centro de Detenção Provisória.

Outros envolvidos –  Outros dois criminosos acusados de participar do crime continuam foragidos. Um quarto suspeito já havia sido preso em janeiro. É Jackson de Almeida Oliveira, de 19 anos, encontrado com a roupa de uma das vítimas. Na época ele negou participação, mas as todas as vítimas o reconheceram como sendo um dos assaltantes. (Alcione Herzog, iG Paulista)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s