Vídeo confirma soco em chileno e Fifa suspende assessor da CBF

A confusão ocorreu na saída das delegações de Brasil e Chile para os vestiários durante o intervalo do confronto pelas oitavas de final, no Mineirão. O assessor de imprensa afirmou que a confusão

A confusão ocorreu na saída das delegações de Brasil e Chile para os vestiários durante o intervalo do confronto pelas oitavas de final, no Mineirão. O assessor de imprensa afirmou que a confusão

A Fifa anunciou que abriu um procedimento disciplinar contra o assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva. A entidade confirmou, através de um vídeo, que o membro da comissão técnica brasileira desferiu um soco contra o atacante chileno Pinilla e decidiu suspendê-lo preventivamente por um jogo. Desta forma, ele está vetado para a partida contra a Colômbia, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

“Podemos dizer que houve procedimentos aberto contra Rodrigo Paiva. Foi suspenso por um jogo”, afirmou a porta-voz da Fifa, Delia Fischer. “Ele recebeu um tipo de cartão vermelho no intervalo. Não posso mais fazer comentários enquanto há um processo em curso”.

A CBF já foi comunicada da suspensão e não irá recorrer da punição preventiva. A entidade explicou que Paiva está liberado para trabalhar normalmente no período pré-jogo, durante os treinamentos na Granja Comary, e não teve sua credencial retirada. O assessor, porém, não seguirá com a delegação para o estádio Castelão no jogo contra a Colômbia. Ele ainda terá de submeter sua defesa ao comitê disciplinar até 17h de terça-feira.

“Fui apartar a briga e acabei levando um soco na barriga. Reagi empurrando alguém do Chile. O quarto árbitro viu e relatou. Hoje fomos informados da punição”, disse o assessor de comunicação da CBF.

A confusão ocorreu na saída das delegações de Brasil e Chile para os vestiários durante o intervalo do confronto pelas oitavas de final, no Mineirão. Gary Medel, que estava na marcação de Fred, se estranhou com o atacante e levou um tapa no pescoço. Imediatamente os demais jogadores se juntaram em torno da confusão.

O empurra-empurra prosseguiu no caminho para os vestiários. Rodrigo Paiva se envolveu em confusão com jogadores e membros da comissão técnica chilena, que acusaram o assessor de ter desferido um soco no atacante Pinilla – versão inicialmente negada pelo integrante da CBF.

“O que aconteceu foi que o chefe da imprensa de vocês acertou o nosso jogador. A confusão terminou assim”, disse Maria José, funcionária do departamento de comunicação da Federação Chilena.

“Foi uma confusão generalizada, não foi algo só comigo. Só que o Pinilla veio para cima de mim e eu apenas me defendi. Reagi empurrando ele”, afirmou Rodrigo Paiva. “Rolou uma discussão e um empurra-empurra. Foi entre as comissões técnicas, não teve jogador envolvido. O auxiliar do [Jorge, técnico do Chile] Sampaoli, um cabeludo [Sebastian Beccacece] começou a xingar. Teve trocas de empurrões. A arbitragem viu e apartou. Não houve agressões, mas teve empurrões”. (Rodrigo Mattos e Paulo Passos, UOL/RJ)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s