Livro “Indiscotíveis” elege os 10 discos essenciais da música brasileira

Capa e algumas páginas do miolo do livro “Indiscotíveis”

Capa e algumas páginas do miolo do livro “Indiscotíveis”

Gosto não se discute. Mas quando o assunto é cultura, existem obras cuja importância é, sim, indiscutível. Com o desafio de eleger os dez discos essenciais da música brasileira, a editora Lote 42 convidou ilustradores e experts em música, como Emicida, Kid Vinil e Tatá Aeroplano, para dar vida ao projeto “Indiscotíveis”, livro que reúne ensaios e releituras das capas dos tais discos. Para ler e ouvir.

Sócio-fundador da Lote 42, João Varella confessa que a seleção de apenas dez títulos não foi tarefa fácil. “Levando em conta fatores como apelo popular, quantidade de hits, inovação para a época, importância histórica, conjunto da obra e proposta artística, criamos uma lista e mandamos para os especialistas que escreveriam os textos”, explica.

Daí, cada um escolheu o seu favorito. O músico Tatá Aeroplano, por exemplo, elegeu “A Sétima Efervescência”, debut da carreira solo do cantor Júpiter Maçã. “Foi uma escolha meio de fã, meio de especialista”, entrega. “Eu já conhecia bastante o álbum, então só coloquei ele para rodar, sentei na frente do computador e comecei a escrever o texto a partir de memórias e sensações que as músicas foram trazendo. Me lembrei até do dia em que comprei o disco”, conta.

Já o ilustrador Gustavo Piqueira foi um dos encarregados de dar uma cara nova para três dos dez escolhidos. Ele ficou com “A Sétima Efervescência”, de Júpiter Maçã, “Krig-ha Bandolo!”, de Raul Seixas, e “Clube da Esquina 2″, de Milton Nascimento. “As capas originais refletem a época em que os discos foram lançados e eu tentei criar releituras que fossem a cara desse nosso tempo”, explica. “Todos são emblemáticos, então qualquer um resultaria num trabalho interessante.”

Aperte o play no vídeo abaixo e conheça os discos eleitos. Tem Novos Baianos, Jorge Ben Jor, Titãs… Som na caixa!

O lançamento de “Indiscotíveis” acontece nesta quarta-feira, na Sensorial Discos, um mix de bar e loja de discos localizado no número 2389 da rua Augusta, em São Paulo

Por Carolina Mendes, de Glamurama

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s