Interestelar frustra expectativas e tem recepção dividida nos Estados Unidos

Matthew MacConaughey e Anne Hathaway em ‘Interestelar’ - Divulgação

Matthew MacConaughey e Anne Hathaway em ‘Interestelar’ – Divulgação

A cada novo filme, Christopher Nolan mais se afasta da unanimidade que um dia avistou. Tim Robey, do inglês “Telegraph” diz que o cineasta chegou perto de fazer sua primeira obra-prima, mas que não foi desta vez. O prestigiado Toddy McCarthy, do “The Hollywood Reporter”, escreve que “o filme é uma resposta pessoal a ’2001 – uma odisseia no espaço’ e que apresenta resultados mistos”.

Scott Feinberg, especialista em premiações da mesma publicação, descartou o filme nas categorias nobres do Oscar 2015. ”Em determinado momento, o filme perde a coerência narrativa que definiu os primeiros e complexos trabalhos de Nolan“. Para outro site especializado em prêmios, o “The Wrap”, “Interestelar” congrega o melhor e o pior do cineasta. Se por um lado, o filme impressiona por sua concepção visual arrojada, decepciona pelas resoluções dramáticas corretas e previsíveis, advoga Alonso Duralde, crítico do site.

A produção, que teve custo estimado em U$ 165 milhões, está atualmente em fase de promoção mundial. O filme só estreia mundialmente na próxima semana. No Brasil, o filme será lançado no dia 6 de novembro. O elenco traz Matthew McConaughey, em alta após a conquista do Oscar por “Clube de Compras Dallas”, Anne Hathaway (“O diabo veste Prada”), outra atriz oscarizada, e Jessica Chastain (“A hora mais escura”), atriz muito perto de ser oscarizada.

A Warner Brothers, estúdio responsável pela produção do filme, deu carta branca para Nolan. Na verdade, desde que ele recolocou o universo do Batman nos trilhos, o estúdio tem concedido certa liberdade para o cineasta. Logo após “Batman Begins” (2005), ele fez o excelente filme sobre a obsessão que movia a rivalidade entre dois mágicos na Inglaterra vitoriana de “O grande truque” (2006).

Depois de “O cavaleiro das trevas” (2008), veio o ambicioso “A origem” (2010). Após o desfecho da trilogia do Batman, com “O cavaleiro das trevas ressurge” (2012), chega este “Interestelar” . Apesar das críticas mais adversas do que o esperado, ninguém antecipa um fracasso de bilheteria. Por mais improvável que seja, um revés de Nolan nas bilheterias poderia significar o cerceamento da liberdade de um dos poucos cineastas a gozar dela no cinemão ianque.

Queixas de pouco humor e do excesso de solenidade, principais argumentos de quem tem resistência ao cinema de Nolan, se intensificaram nas primeiras resenhas de “Interestelar”. Mike Ryan do “ScreenCrush” disse que “Interestelar” é um bom filme que tenta desesperadamente ser importante. Já a “Variety” saúda essa ambição do filme de Nolan como algo “necessário no hesitante mainstream de hoje”. (Cineclub iG)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s