Ação da Skol prende consumidor com Deborah Secco no elevador

Ação da Skol (Reprodução/ Youtube)

Ação da Skol (Reprodução/ Youtube)

Para a estreia da assinatura “Viva Redondo”, a marca convidou seus consumidores para viverem o conceito na prática. O resultado é uma campanha construída em cima de reações de um consumidor que não é ator e em um único take.

Diferente do que normalmente acontece em qualquer pré-produção de filme, a produção dispensou casting publicitário e convidou “pessoas normais” para fazer parte do elenco. Os candidatos participaram de provas, entrevistas e testes inusitados como pular vendado sem saber onde cairia (obviamente um colchão inflável os aguardava).

Pré-selecionados foram convidados para uma rodada final em um bar sem saber o que os aguardava. O eleito foi aquele que primeiro apertou o botão do ON – dispositivo instalado no balcão – e metáfora para traduzir o conceito que permeia toda a comunicação de Skol em 2015: a vida faz convites o tempo todo e só quem não perde oportunidades poderá vive-la intensamente.

A partir daí o vencedor Caio Miranda teve provavelmente uma das maiores aventuras da sua vida com direito a participação especial do boxeador Mike Tyson e da atriz Deborah Secco.

Na televisão serão quatro episódios, cada um com 30 segundos de duração, sendo que o 1º entrou ontem (14). Na internet toda a experiência vivida por Caio Miranda será contada em 4 minutos, revelando detalhes de como, por exemplo, foi ficar preso no elevador com Deborah Secco, dar de cara e interagir com o boxeador Mike Tyson e pular de paraquedas caindo direto em uma festa em alto mar.

“O objetivo aqui é incentivar as pessoas a aceitarem os convites que surgem da vida. O nosso consumidor é especialista em diversão e quer aproveitar cada segundo. É um ser social que enxerga o mundo por meio das pessoas e vive na “república do copo cheio”, ou seja, vê sempre o lado positivo. Skol é o ‘golden ticket’ para esse universo”, conta Pedro Adamy, gerente de marketing da Skol.

A criação é da F/Nazca Saatchi & Saatchi. Fabio Fernandes, presidente e diretor geral e criação da F/Nazca, conta que “o grande desafio foi dispensar tradicional storytelling e  buscar storydoing, uma forma mais real de conectar a marca com o público, especialmente o público de cabeça jovem e absurdamente antenado, como o consumidor de Skol”. A direção de cena é da Saigon.

Confira o filme:

Fonte: Adnews

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s